20 de dez de 2014

Prefeitura de Godofredo Viana antecipa décimo terceiro salário



Apesar das dificuldades financeiras que as prefeituras de todo Brasil estão passando, algumas inclusive, com os salários de seus servidores atrasados, a Prefeitura de Godofredo Viana dá exemplo de planejamento e antecipa o décimo terceiro salário. Segundo a legislação vigente, o município teria até o próximo dia 23 de dezembro para efetuar o pagamento.

Porém, antecipando a data prevista no calendário de pagamentos, divulgado em janeiro de 2014, todos os servidores públicos municipais receberam o 13º salário dia 19 (sexta feira).

Com o pagamento antecipado para um total de mais de 310 (trezentos e dez) servidores públicos, a Prefeitura vai incrementar mais de R$ 1 milhão na economia local. Em relação ao pagamento do salário deste mês de dezembro, a administração segue normalmente o calendário de pagamentos

Este é o segundo ano consecutivo que a atual gestão antecipa o pagamento do 13º. Além dos benefícios individuais aos funcionários, o pagamento antecipado também representa resultados positivos para a economia da cidade, porque contribui para a movimentação do comércio e do setor de serviços. Para o prefeito Marcelo Jorge, a antecipação do 13° salário é uma grata surpresa aos servidores que se planejavam para receber o vencimento apenas no dia 23 de dezembro.

“A antecipação é uma excelente notícia para os servidores, mesmo refazendo seus planos que estavam elaborados de acordo com o pagamento para o próximo dia 23. Essa antecipação proporcionará um melhor planejamento para as compras das festividades do final de ano e de auxiliar para que todos possam começar 2015 de forma mais bem planejada. Esperamos assim ter contribuído com nossos servidores que muito têm colaborado com a nossa Godofredo Viana”, falou o prefeito Marcelo Jorge.

Postado por neto weba 

Universidade Ceuma divulga Lista de Aprovados para Medicina

MA_CEUMA_FOTOLISTA DE CANDIDATOS APROVADOS

Blog Minard

Justiça Eleitoral do Maranhão diploma os eleitos em 2014

eleitos
Os candidatos eleitos em 2014 receberam seus diplomas da Justiça Eleitoral nessa sexta-feira (19) de dezembro, durante sessão solene do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão realizada no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana.
O documento, que foi entregue pelos integrantes do TRE-MA, certifica que os eleitos cumpriram as formalidades previstas na legislação eleitoral e estão aptos a exercer o mandato.
No total, 80 eleitos foram diplomados, sendo 1 governador, 1 vice, 1 senador (primeiro e segundo suplente), 18 deputados federais e 42 deputados estaduais, além do primeiro suplente de cada partido e/ou coligação.
Em nome da Justiça Eleitoral do Maranhão, o desembargador Froz Sobrinho (presidente) saudou os presentes, afirmando que a entrega dos diplomas confirma a vontade popular manifestada nas urnas eletrônicas, por meio do sufrágio universal, individual, direto, secreto e de igual valor para todos, nos termos da Constituição Federal e da Lei Eleitoral.
“Nesta oportunidade, estamos conferindo legitimidade aos representantes do povo e do Estado do Maranhão, dos Poderes Executivo e Legislativo, aptos ao exercício do mandato em toda sua plenitude e ao cumprimento dos deveres a ele vinculados”.
O presidente também enumerou as frentes de trabalho que o TRE-MA desenvolveu ao longo deste ano, manifestando o quanto estava feliz. “Estamos muito felizes em encerrar com chave de ouro, reconhecendo o empenho de todos os envolvidos no processo eleitoral”, assentou.
Pelos diplomados, discursou o governador eleito Flávio Dino. Emocionado, ele registrou que sua diplomação foi um ato marcado de muitos significados. “Significados que se encontram na seguinte indagação: a quem pertence o diploma que orgulhosamente hoje recebemos? Não foi algo que conquistamos individualmente. Creio que esse diploma pertence em primeiro lugar a Deus – que rege o universo e guia os nossos caminhos e traz valores e princípios de fraternidade, justiça e solidariedade que inspiram o bem fazer política. Creio que esse diploma pertence ao povo do Maranhão. Este diploma é impregnado de vida que nasceu de batalhas e das caminhadas que fizemos no sol, na chuva. Este diploma pertence aos invisíveis, mais simples, esquecidos deste estado que moram em casas de taipas, que portam deficiências e que lhes faltam políticas públicas.”
Mesa
Compuseram a mesa membros do TRE; o governador Arnaldo Melo; os desembargadores Cleones Carvalho Cunha (representando a presidente do TJMA, desembargadora Cleonice Freire), Nelma Sarney (corregedora do TJMA) e Raimundo Barros (presidente da Comissão de Juízes Auxiliares do TRE-MA); o deputado estadual Marcelo Tavares (representando o presidente da Assembleia Legislativa, Max Barros); o senador eleito Roberto Rocha; o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (São Luís); o procurador regional eleitoral Thiago Oliveira (substituto); o advogado Mário Macieira (presidente da OAB-MA); o conselheiro Edmar Serra Cutrim (presidente do TCE-MA) e o diretor-geral Gustavo Costa Campos (TRE-MA).
A Corte do TRE-MA está atualmente formada pelos desembargadores eleitorais Froz Sobrinho (presidente), Guerreiro Júnior (corregedor), Eulálio Figueiredo (ouvidor), Clodomir Reis (diretor da EJE), Alice Rocha, Daniel Blume e Eduardo Moreira.
A entrega
Os diplomados foram chamados para receberem seus diplomas de acordo com a ordem de votação na urna eletrônica. Já os diplomados aos cargos proporcionais foram chamados pela coligação e/ou partido que obteve maior número de candidatos eleitos e pela ordem decrescente de votação.
Diplomados (por cargo)
Senador, vice-governador e governador
- Pela coligação Todos Pelo Maranhão (PP, SD, PROS, PSDB, PC do B, PSB, PDT, PTC e PPS): senador Roberto Coelho Rocha e os suplentes José Eleonildo Soares e Paulo Henrique Campos Matos; vice-governador Carlos Orleans Brandão Júnior e o governador Flávio Dino de Castro e Costa.
Deputados Federais
- Pela coligação Pra Frente Maranhão 1 (PMDB, DEM, PTB, PV, PRB e PR – 7 diplomados): Hildo Augusto da Rocha Neto, Cleber Verde Cordeiro Mendes, José Sarney Filho, Pedro Fernandes Ribeiro, Carlos Victor Guterres Mendes, João Marcelo Santos Sousa, José Alberto Oliveira Veloso Filho e o suplente Davi Alves Silva Júnior;
- Pela coligação Todos Pelo Maranhão 3 (SD, PP, PC DO B, PPS, PSDB e PSB – 5 diplomados): Eliziane Pereira Gama Ferreira, Rubens Pereira e Silva Júnior, José Reinaldo Carneiro Tavares, Waldir Maranhão Cardoso, João Castelo Ribeiro Gonçalves e a suplente Luana Maria da Silva Costa;
- Pela coligação Democrata Trabalhista (PSL, PSDC, PRP, PTN e PRTB – 2 diplomados): José Juscelino dos Santos Rezende Filho, Aluisio Guimarães Mendes Filho e o suplente Ricardo Ceppas Archer (representado no ato pelo senhor Ediviges Costa Ferreira);
- Pela coligação Por Um Maranhão Mais Forte (PEN, PMN, PHS, PSC e PT do B – 2 diplomados): André Luis Carvalho Ribeiro, Antonio da Cruz Filgueira Júnior (representado no ato pelo senhor José de Ribamar Mendes) e o suplente Ildon Marques de Souza;
- Pela coligação Pra Seguir em Frente com muito mais mudança (PT e PSD – 1 diplomado): José Carlos Nunes Júnior e o suplente Cláudio José Trinchão Santos (representado neste ato pela senhora Ellem Mara Teixeira de Sousa);
- Pela coligação Todos Pelo Maranhão 2 (PDT, PTC e PROS – 1 diplomado): Weverton Rocha Marques de Sousa e o suplente Julião Amin Castro;
Deputados Estaduais
- Pela coligação Pra Frente Maranhão 2 (PMDB, DEM, PTB, PV, PT do B, PSC, PRTB e PR – 16 diplomados): Josimar Cunha Rodrigues, Andréa Trovão Murad Barros, Antonio Pereira Filho, José Roberto Costa Santos, Edilázio Gomes da Silva Júnior, Nina Ceres Couto de Melo, Leoarren Túlio de Sousa Cunha, José Max Pereira Barros (representado no ato pelo seu filho Gustavo Araújo Barros), José Adriano Cordeiro Sarney, Stênio dos Santos Rezende, Rigo Alberto Teles de Sousa, Rogério Rodrigues Lima, César Henrique Santos Pires, Marcus Vinícius de Oliveira Pereira, Fábio Henrique Ramos Braga, Hemetério Weba Filho e o suplente Camilo de Lellis Carneiro Figueiredo;
- Pela coligação Todos Pelo Maranhão 4 (PSB, PDT, Pc do B, PSDB – 9 diplomados): Humberto Ivar Araújo Coutinho, Ubirajara do Pindaré Almeida Sousa, José Arimatéa Lima Neto Evangelista, Fábio Henrique Dias de Macedo, Raimundo Soares Cutrim, Valéria Maria Santos Macedo, Marco Aurélio da Silva Azevedo, Sérgio Barbosa Frota, Othelino Nova Alves Neto e o suplente Rafael de Brito Sousa
- Pelo Partido Republicano Brasileiro (PRB – 3 diplomados): Glalbert Nascimento Cutrim, Ana de Nazaré Pereira Silva Macedo Mendonça, Jesuíno Cordeiro Mendes Junior e o suplente Antônio de Pádua Ferreira Barros;
- Pela coligação Força Jovem (PRP, PSDC e PTN – 3 diplomados): Francisco de Sousa Dias Neto, Alexandre Vicente de Paula Almeida, Paulo Roberto Almeida Neto e o suplente Marcos Antonio de Carvalho Caldas;
- Pela coligação Vamos Juntos Maranhão (PEN, PMN, PHS e PSD – 3 diplomados): Eduardo Salim Braide, José Carlos Nobre Monteiro (que será representado pelo senhor Márcio Vinnicius Prestes Andrade), Ricardo Tadeu Ribeiro Pearce e suplente José Benedito Pinto (que receberá, a pedido, o seu diploma na Secretaria do TRE em data posterior);.
- Pela coligação Mudança Para Um Novo Maranhão (PP, PROS, SD e PPS – 3 diplomados): Carlos Wellington de Castro Bezerra, Levi Pontes de Aguiar, Roberto Campos Filho e o suplente João Luciano Silva Soares;
- Pelo Partido Social Liberal (PSL – 2 diplomados): Edson Cunha de Araújo, Maria da Graça Fonseca Paz e o suplente Raimundo Nonato Gonçalves da Silva;
- Pelo Partido dos Trabalhadores (PT – 2 diplomados): José Inácio Sodré Rodrigues, Francisca Ferreira e o suplente Yglésio Luciano Moysés Silva de Souza.
- Pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC – 1 diplomado): Edivaldo de Holanda Braga e o suplente Domingos Erinaldo Sousa Serra.

O papel da futura oposição na Assembleia…

Os deputados estaduais Roberto Costa, Edilázio Júnior, Alexandre Almeida, Andrea Murad e Adriano Sarney falam do papel de oposicionistas na Assembleia


Política do Maranhão no pós-Sarney
Com a mãe, Roberto exibe diploma de futuro oposicionista
Deputados estaduais e federais eleitos, que ainda pertencem ao grupo governista, todos diplomados ontem pela Justiça Eleitoral, destacaram ontem o papel que terão na política maranhense a partir de fevereiro de 2015.
Eleito deputado estadual, Adriano Sarney (PV) afirmou que atuará numa linha de independência na Assembleia Legislativa e na fiscalização contínua das ações do Poder Executivo.
Não alinhado ao futuro Governo, ele disse que dedicará o seu mandato às causas sociais, mas sem se furtar de cobrar do governador eleito, a excelência na promoção de políticas públicas.
Edilázio Júnior (PV), reeleito deputado estadual, assegurou que irá cobrar do próximo gestor, o cumprimento das promessas que foram feitas no período da campanha eleitoral.
Política no maranhão no pós Sarney
A bela Andrea Murad vai estrear no parlamento como oposicionista
- Vamos fiscalizar o Governo do Estado, vamos fiscalizar o novo governador e policiar as promessas de campanha de forma responsável. Quando tiver que elogiar, elogiaremos, votaremos aquilo que for de interesse da população, mas permanecer vigilantes, para cobrar, assim como fez a oposição, de forma competente, diga-se de passagem, na atual legislatura - disse.
Andrea Murad (PMDB) afirmou que será os “olhos da população” no parlamento estadual.
- Vou representar a população do estado com muita coragem e determinação. Nosso compromisso é com o povo do Maranhão - destacou.
Alexandre Almeida (PTN) avaliou o seu desempenho na atual legislatura, e garantiu que continuará buscando legislar em prol do desenvolvimento do estado.
Roberto Costa (PMDB), também reeleito deputado estadual, também falou em cobrar do próximo gestor, as promessas feitas na campanha eleitoral.
Política no maranhão pós Sarney
Adriano Sarney também estreará na oposição
- Não vamos fazer, de forma alguma, oposição por oposição. Vamos cobrar as promessas de campanha e cobrar a tão falada mudança na gestão pública. Utilizaremos o nosso mandato para ser o porta-voz da população - concluiu.
Com reportagem  de Ronaldo Rocha

Munição pesada, vendida ilegalmente, é apreendida pela Polícia Civil no MA


Operação foi desencadeada após denúncia feita no Jornal Nacional.

Cidades de Santa Quitéria e Magalhães de Almeida foram alvo da ação.


Munições pesada é apreendida em operação da Polícia Civil do Maranhão (Foto: Divulgação/Polícia)Armas e munições foram apreendidas pela Polícia Civil em operação desencadeada, nesta sexta-feira (19), nas cidades de Magalhães de Almeida e Santa Quitéria, pertencentes à região do Baixo Paranaíba, no leste do Maranhão. Ação foi realizada após denúncia feita no Jornal Nacional pelo repórter Sidney Pereira, da TV Mirante.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), mandados de busca e apreensão foram emitidos contra vários estabelecimentos comerciais onde munição era vendida de forma clandestina.


Na operação policial foram apreendidos, além das munições, grande quantidade de pólvora e um rifle calibre 44.  Uma pessoa, identificada como Raimundo Nonato Batista, o 'Mundinho', foi autuada em flagrante.

Ação policial contou com o efetivo das delegacias de São Bernardo, Santa Quitéria e Magalhães de Almeida. O comando da operação ficou por conta dos delegados Henrique Mesquita, Jackeson e Bruno Aguiar, respectivamente.

O Estatuto do Desarmamento determina que apenas lojas cadastradas vendam munição e para quem tem arma registrada correspondente ao calibre procurado. Para a Polícia Militar, o comércio ilegal é um dos fatores para o aumento da taxa de homicídios no Maranhão, que passou de 11,7 em 2004, quando a Lei entrou em vigor, para 26 a cada 100 mil habitantes em 2012, segundo o Mapa de Violência no país.

Banco do Brasil abre concurso para escriturários em 14 estados


São 2.499 vagas para formação de cadastro de reserva. 
Candidatos devem ter nível médio; salário é de R$ 2.227,26.
Banco do Brasil divulgou, nesta sexta-feira (19), o edital de concurso para 2.499 vagas em cadastro de reserva para o cargo de escriturário. O salário é de R$ 2.227,26.
No site do Diário Oficial da União, é possível ver o edital(acesse aqui).
Do total das oportunidades, 5 % são reservadas para candidatos com deficiência e 20% para pretos e pardos.
Os candidatos devem ter nível médio. A jornada de trabalho será de 30 horas semanais.
Entre as atividades do cargo estão: atendimento ao público, atuação no caixa (quando necessário), contatos com clientes, prestação de informações aos clientes e usuários, redação de correspondências em geral, conferência de relatórios e documentos, controles estatísticos, atualização/manutenção de dados em sistemas operacionais informatizados, entre outras.
As vagas são para Amapá, Amazonas, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e Sergipe.
Além do salário, os profissionais terão participação nos lucros ou resultados, nos termos da legislação pertinente e acordo sindical vigente, ajuda alimentação no valor de R$ 572, vale-refeição de R$ 431,16, vale-transporte, vale-cultura de R$ 50, auxílio-creche, auxílio a filho com deficiência e previdência privada.
As inscrições devem ser feitas de 22 de dezembro a 19 de janeiro de 2015 pelo sitewww.cesgranrio.org.br. A taxa é de R$ 40.
A seleção terá 3 etapas: prova objetiva, prova de redação e perícias médicas e procedimentos operacionais.
As provas objetiva e de redação serão aplicadas na data provável de 15 de março de 2015, nas cidades de Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Epitaciolândia, Macapá, Manaus, Parintins, Maracanaú, Itapipoca, Sobral, Quixadá, Russas, Cratéus, Juazeiro do Norte, Fortaleza, Saõ Luís, Pinheiro, Bacabal, Imperatriz, Balsas, Presidente Dutra, Caxias, Chapadinha, Cuiabá, Cáceres, Barra dos Garças, Rondonópolis, Confresa, Alta Floresta, Tangará da Serra, Juína, Sinop, João Pessoa, Campina Grande, Patos, Sousa, Curitiba, Campo Largo, Paranaguá, Rio Negro, Guarapuava, Pato Branco, Ponta Grossa, Cascavel, Foz do Iguaçu, Campo Mourão, Umuarama, Maringá, Paranavaí, Londrina, Jacarezinho, Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Palmares, Vitória de Santo Antão, Timbaúba, Caruaru, Garanhuns, Serra Talhada, Petrolina, Parnaíba, Teresina, Picos, Floriano, Natal, Mossoró, Porto Velho, Ji-Paraná, Cacoal, Vilhena, Boa Vista, Rorainópolis, Joinville, Mafra, Lages, Caçador, Joaçaba, Chapecó, São Miguel doOeste, Rio do Sul, Aracaju, Estância, Nossa Senhora da Glória, Itabaiana, Lagarto e Capela.
A seleção terá validade de 1 ano e poderá ser prorrogada, uma vez, por igual período.
De acordo com o edital, ficam asseguradas as admissões, conforme necessidade de provimento, dos candidatos classificados nas Seleções Externas 2012/0032013/001 e 2013/002 até o término de suas vigências (15/04/2015, 26/09/2015 e 08/05/2015 - podendo ser prorrogadas) ou o esgotamento da reserva de candidatos aprovados, prevalecendo o que ocorrer primeiro.
Banco do Brasil
Inscrições
De 22 de dezembro a 19 de janeiro de 2015
Vagas
Cadastro de reserva
Salário
R$ 2.227,26
Taxa
R$ 40
Provas
15 de março de 2015
 

19 de dez de 2014

BOMBA BOMBA E BOMBA: Justiça afasta Lidiane Rocha do cargo de prefeita de Bom Jardim.

Lidiane Leite da SilvaA Justiça do Maranhão determinou o afastamento da prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite da Silva pelo prazo de 180 dias. A determinação é baseada no descumprimento judicial relacionado à regularização das aulas na educação infantil e fundamental, fornecimento de merenda e transporte escolar no município maranhense. A ação foi protocolada com base no descumprimento de decisão judicial proferida em outra ação do Ministério Público do Maranhão (MPMA) ocorrida no ano passado.
De acordo com a ação, a gestora municipal apresentou informações falsas a respeito das irregularidades, com o objetivo de apresentar o regular cumprimento das determinações impostas pela a Justiça. Porém, as informações foram desmentidas por meio de denúncias realizadas pelos próprios moradores da cidade. Além disso, o descaso da prefeita também foi tema de vários relatórios formulados pelo MPMA.
De acordo com o juiz Raul José Duarte Goulart Júnior, titular da Comarca de Bom Jardim  e responsável pela decisão, a posição hierárquica de Lidiane Leite da Silva, chefe do Executivo municipal, e a sua influência política geram preocupação a respeito da possibilidade de ocultação de dados e coação de testemunhas.
Essa não é a primeira vez que a gestora é citada pela justiça por sua má conduta. No início deste ano, ela a Justiça deferiu liminar, a pedido do Ministério Público, para declarar a ilegalidade de decreto da prefeita Lidiane Leite da Silva que tornou nulas as nomeações dos excedentes do concurso público homologado em novembro de 2011.
Fonte: G1

Justiça determina afastamento de prefeito de Bacuri do cargo

Prefeito de Bacuri, José Baldoino da Silva
Prefeito de Bacuri, José Baldoino da Silva
Atendendo pedido do Ministério Público do Maranhão (MPMA), em Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa, o Poder Judiciário determinou, nesta quinta-feira, 18, o afastamento do prefeito de Bacuri, José Baldoino da Silva Nery, pelo prazo de 180 dias.
A decisão atinge, ainda, o presidente da Comissão Permanente de Licitação (CPL), Gersen James Correia Chagas; a secretária da CPL, Flávia Regina Assunção de Azevedo; a integrante da CPL, Maria José dos Santos Nascimento; o pregoeiro Wagno Setubal de Oliveira e o integrante da equipe de apoio Raimundo Nonato Amorim.
Propôs a ação a promotora de justiça Alessandra Darub Alves, titular da Comarca de Bacuri. A decisão é do juiz Marcelo Santana Farias.
O MPMA sustentou que a permanência dos acusados nas mesmas funções e cargos acarretaria risco para a instrução processual, pois poderiam dificultar a obtenção de provas, além de influenciar testemunhas.
A Promotoria de Justiça de Bacuri requereu cópia, em julho deste ano, de todos os contratos de prestação de serviço de transporte escolar firmado pelo Município. Mesmo assim, os documentos não foram encaminhados ao MPMA.
Além disso, o Ministério Público destacou que os acusados forjaram a licitação de 2014, fazendo-a de forma retroativa. Para concretizar esse objetivo, eles teriam falsificado a assinatura de um advogado que prestou serviços ao Município de Bacuri.
As informações são do MPMA

Prefeitura de Peri Mirim tem até o dia 5 de janeiro para lançar edital de concurso




João Felipe (PT) prefeito de Peri Mirim
O Ministério Público do Maranhão, por meio da Promotoria de Justiça de Bequimão, firmou Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), em 10 de dezembro, com a Prefeitura de Peri Mirim, com o objetivo de realizar concurso público para ocupação dos cargos efetivos do Poder Executivo Municipal.

De acordo com o TAC, proposto pela promotora de justiça Rita de Cássia Pereira Souza, a prefeitura deve lançar edital de concurso público até o dia 5 de janeiro e realizar as provas até 5 de março. Todo o processo seletivo deve ser encerrado até maio de 2015.

Na assinatura do termo, o prefeito de Peri Mirim, João Felipe Lopes, firmou o compromisso de nomear, gradualmente, todos os aprovados, conforme o número de vagas disponíveis.

O Município se comprometeu, ainda, a demitir todos os contratados até o dia 30 de junho, quando não será mais permitida a permanência de qualquer pessoa que não tenha sido admitida por concurso público ou que não ocupe cargo comissionado de livre nomeação e exoneração.

Em caso de descumprimento do TAC, o município de Peri Mirim estará sujeito ao pagamento de multa de R$ 1 mil por dia.

Postado por vandoval 

Super Pop lança sua nova aparelhagem no Maranhão " POP LIVE" dia 29 de Dezembro de 2014

A Maior aparelhagem do estado do Pará lança cara nova e cria conceito robótico! Godofredo Viana  será  a primeira cidade do Maranhão a receber o novo Pop Live dia 29 de Dezembro.


A nova “nave “do super pop que agora será chamado de “Super Pop Live”, terá movimentos robóticos e um visual fiel ao slogan “O Águia de Fogo”. A empresa Pop também adiantou que durante as apresentações além dos movimentos fieis aos de uma águia, o show sempre será repleto de surpresas extras além dos maiores Dj’s de aparelhagem do estado, Elison Pop e Juninho Pop.


“Diante do pouco que pude ver até aqui desse novo Pop Live, tive a conclusão que a evolução de uma aparelhagem foi o quesito inquestionável na empresa pop, que ao longo dos anos foi se aprimorando no que a modernidade e a tecnologia poderia trazer de importante pro mundo das aparelhagens do Pará, onde já vimos de tudo como: Toca fitas e rolos de fita, toca disco, cd, MD, mesas longas que ate ganhavam umas tvs de 14 ou 20 polegadas, sem contar a parte em q os djs tocavam de costas para o seu público, aliás na época não era dj e sim "locutor" "controlista". É incrível e muito encantador o que estamos prestes a ver e viver na cidade de Godofredo Viana, até porque as aparelhagens saíram de um anonimato, 
http://portalcapanema.net/images/noticias/94360/SUPER%20POP%20LIVE.jpg

Fotos vazadas mostram o individuo Leleu em situação duvidosa dentro de présidio


Não se sabe se o ocorrido é decorrente de uma vingança bem humorada por parte dos presos ou companheiros de cela do acusado de matar a professora Mônica. As imagens não tendem a mostrar os processos ao qual o mesmo se submete dentro do sistema prisional, mas somente por essas imagens vazadas podemos perceber que a vida do mesmo vai ser bem complicada dentro de quatro paredes prisionais. 

A imagem mostra um sujeito que fisicamente se parece com Leleu, em destaque para o corte de cabelo atual diferente do último ao qual o mesmo foi visto usando além de que, na imagem o sujeito aparece fazendo uso de um item bem peculiar às mulheres.

Não se sabe que tipo de humilhações o mesmo possa estar passando ou se realmente ele está passando por algum tipo de constrangimento, porém no último dia 16 (terça-feira) o mesmo foi transferido da carceragem da Policia Civil de Zé Doca para a carceragem da Polícia Civil em Governador Nunes Freire para resguardar sua vida já que o mesmo estava servindo segundo repassado ao blog como "saco de boxe" sendo espancado constantemente por detentos.

http://www.acidadedeverdade.com.br/

18 de dez de 2014

Parabéns Deputado Roberto Costa


27 cursos de Medicina ‘reprovados’ pelo MEC

medicinaDo total de 154 cursos de medicina avaliados pelo MEC (Ministério da Educação) no ano passado, 27 (17,5%) receberam nota 2 no CPC (Conceito Preliminar de Curso), indicador de qualidade das graduações, que leva em consideração, além do Enade, fatores como titulação do corpo docente e infraestrutura da instituição.
A relação das notas de cursos e instituições de ensino superior do país, públicas e privadas, foi divulgada nesta quinta­feira no “Diário Oficial” da União.
O CPC 2013 inclui graduações da área de saúde, avaliadas pela última vez em 2010 (o ciclo de avaliação se fecha a cada três anos). Também foram analisadas graduações como odontologia, enfermagem e educação física.
O CPC tem gradações entre 1 e 5 –médias 1 e 2 são consideradas insatisfatórias. Entre os 27 cursos com desempenho ruim, cinco estão em universidades federais, segundo a portaria do Inep (órgão do MEC). São elas: Universidade Federal de São João Del Rei, Universidade Federal do Pará, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Universidade Federal de Pelotas e Universidade Federal de Campina Grande.
Ao todo, 90 cursos receberam conceito 3 e 34 registraram nota 4 –nenhuma  graduação obteve conceito 5. Outras 3 aparecem como “sem conceito”. Nesses casos, são cursos recém­abertos, que ainda não completaram um ciclo de avaliação e, portanto, não recebem nota. De acordo com o censo do ensino superior mais recente, o país possui 206 cursos de medicina.
No início de novembro, a Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação instaurou processo administrativo que pode culminar com o fechamento do curso de medicina da Universidade Ceuma – reveja aqui -.
Na oportunidade, o MEC, abriu prazo de 15 para a manifestação do Ceuma. De lá para cá, não houve mais qualquer tipo de informações oficiais a esse respeito.

prefeito de Mirinzal faz barraco para receber convênio

Prefeito de Mirinzal, Amaury Almeida
Prefeito de Mirinzal, Amaury Almeida
A reclamação para o Governo do Estado liberar centenas de convênios firmados com prefeituras maranhenses chegou ao extremo. A revolta é tão grande por parte dos prefeitos, que hoje (18) um quebra-quebra foi registrado na Secretaria de Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar (Sedes).
Quebra-quebra na Sedes:
O prefeito do município de Mirinzal, Amaury Almeida, fez um verdadeiro barraco na secretaria para receber um convênio que ficou com o Governo do Estado.
Segundo informações repassadas ao Blog do Luis Pablo, o prefeito ficou furioso porque um funcionário da Sedes informou que sua documentação estava errada e que, por isso, não poderia recebeu a papelada.
Revoltado, Amaury Almeida começou a esculhambar o funcionário para receber a documentação. A gritaria foi tão grande, que os seguranças da secretaria foram acionados para tirar o prefeito do local, que disse que só saia da Sedes se fosse preso.
“Eu só saiu daqui se for preso. Minha documentação está correta e eu quero receber o que me devem”, disse prefeito de Mirinzal.
Esse é mais um abacaxi para o governador por (agora) 13 dias, Arnaldo Melo (PMDB), resolveu depois que retornar da agenda que está cumprindo em 4 municípios Estado.

MPC pede afastamento imediato do prefeito de Cachoeira Grande

Prefeito de Cachoeira Grande, Francivaldo Vasconcelos Sousa
Prefeito de Cachoeira Grande, Francivaldo Vasconcelos Sousa
O Ministério Público de Contas (MPC), em representação assinada por seus quatro procuradores junto ao Tribunal de Contas do Estado, Jairo Cavalcanti Vieira, Flávia Gonzalez Leite, Paulo Henrique Araújo dos Reis e o atual Procurador Geral Douglas Paulo da Silva, solicitou concessão de medida cautelar determinando o afastamento do prefeito de Cachoeira Grande, Francivaldo Vasconcelos Sousa, e a decretação da indisponibilidade de seus bens.
A representação pede ainda a concessão de uma segunda medida cautelar determinando a suspensão de todos os pagamentos relacionados aos contratos firmados entre a prefeitura do município e a empresa Transporte Premium Ltda., bem como a não renovação ou aditamento desses contratos.
Responsável pelo transporte escolar no município, a empresa mencionada foi alvo de fiscalização realizada em agosto passado pela Controladoria Geral da União (CGU), com o objetivo de avaliara qualidade do transporte escolar no município. O que a CGU encontrou foi uma situação insustentável, com crianças sendo transportadas em condições totalmente inseguras em carrocerias improvisadas.
Além de veículos em condições inadequadas, o relatório apontou também a existência de condutores não habilitados para a função e automóveis sem o devido licenciamento. Foram detectadas licitações e contratos em desacordo com a legislação, subcontratações ilegais de veículos para a função, além de irregularidades diversas nos pagamentos efetuados. A fiscalização compreendeu o período entre janeiro de 2013 e julho de 2014, financiado com recursos do FNDE, FUNDEB e PNATE.
Com base nessas evidências, o Ministério Público de Contas (MPC) argumenta que as medidas solicitadas se fundamentam no caráter lesivo das despesas e no justificado receio de grave lesão ao erário. “Caso continuem sendo realizados pagamentos em favor da empresa representada, novos atos lesivos ao erário se consumarão”, alerta o MPC.
A representação do MPC lembra ainda que as autoridades do município deixaram de comparecer ao ato de assinatura do Termo de Ajuste de Conduta (TAC), proposto pelos órgãos da Rede de Controle. A assinatura do TAC seria uma das etapas (mudei a redação para ficar mais claro) da operação “Dia T – Pau de Arara”, realizada em agosto nos municípios de Cachoeira Grande, Lago da Pedra, São João do Sóter, Miranda do Norte e Presidente Vargas. A auditoria no transporte escolar foi realizada, em parceria, com a Controladoria Geral da União (CGU), Ministério Público Federal, Polícia Federal e Ministério Público Estadual. Na ocasião foram avaliadas as condições de segurança dos veículos, a qualidade do serviço, o cumprimento das rotas e também as despesas executadas com a prestação do transporte escolar.
De acordo com os procuradores, é inadmissível que a prestação de serviços de transporte escolar permaneça nos moldes em que se encontra. “Tal situação configura exposição das crianças e alunos da rede municipal de Cachoeira Grande a risco de lesão física e morte, dadas as condições precárias e irregulares em que se dá o transporte”.
A representação foi desmembrada e os processos encaminhados para o Conselheiro José de Ribamar Caldas Furtado e o Conselheiro Substituto Antonio Blecauta Costa Barbosa, que apreciação as medidas cautelares requeridas pelo MPC.
As informações são do TCE-MA

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo