2 de abr de 2015

Escolas abandonadas em Centro Novo: Situação de Escolas Preocupa Vereadores


Abandono: Escola Ernesto Amorim - Quadra 7

Sucateada e abandonada, sem Tem Nenhuma Estrutura Educacional, Essa e a triste realidade Das Escolas Da Zona Rural De Centro Novo, Escolas De Madeiras e Taipa onde crianças e adolescentes sofrem amargamente o desconforto a falta de ventilação, alimentação escolar, Espaço e iluminação.  

Todos Nos Sabemos que Uma Escola Precisar ser um local harmonioso, onde o aluno sinta prazer de estar e permanecer para a busca do saber. Pois bem, não é esse ambiente que temos encontrado nas escolas De Centro Novo. Paredes sujas, muito mato, telhados quebrados e salas desconfortáveis sem ventiladores suficientes (que por sinal, já se tornou obsoleto em plena era do ar condicionado). Assim vamos abrindo a porta para uma visita do FANTÁSTICO para fazer matérias vergonhosas sobre a educação Do Município.
Escola Quadra 6

O Prefeito Está plantando uma geração de alunos aversão a escola, com a péssima qualidade estrutural das escolas que São disponibilizadas aos nossos filhos. A ESCOLA UNIDADE ERNESTOR AMORIM, vive degradada até mesmo sem assento (cadeira, mesas, ventiladores, bebedouros, água tratada, sem reformas), obrigando alunos (as), terem que se submeter a trazerem cadeiras de casa para assistir suas desconfortáveis aulas.Destaca o Vereador Jaílson Farias (PSB).


Escola Monteiro Lobato






1 de abr de 2015

Bandidos tocam terror em Santo Antonio dos Lopes - tiroteio e assaltos a banco e correios

Grupo explode caixas eletrônicos de banco em Santo Antônio dos Lopes


Destruição em agência do BB após explosão de caixas eletrônicos em Santo Antônio dos Lopes, MA (Foto: Divulgação)
Bando conseguiu fugir levando dinheiro; quantia não foi revelada.

Destruição em agência do BB após explosão de caixas eletrônicos em Santo Antônio dos Lopes, MA 

Um grupo armado explodiu os caixas eletrônicos de uma agência do Banco do Brasil na madrugada desta quarta-feira (2), em Santo Antônio dos Lopes, cidade localizada na região do Médio Mearim do Maranhão, a 310 km de São Luís.

Segundo a Secretaria Estadual de Investigações Criminais (Seic), o bando teria conseguido fugir levando dinheiro dos caixas. A quantia não foi revelada. O caso está sendo investigado pela polícia.
É o 39° crime contra instituições financeiras registrado no estado maranhense somente este ano, de acordo com dados divulgados no dia 20 de junho pelo Sindicato dos Bancários do Maranhão. Os números contabilizam ocorrências como assaltos a bancos, arrombamentos a caixas eletrônicos e tentativas de assaltos e de arrombamentos.

Glalbert Cutrim solicita recuperação da Rodoviário de São Luís

DSC_1010 (Large)O deputado Glalbert Cutrim (PRB), através de indicação apresentada na Assembleia Legislativa, solicitou ao Governo do Estado que execute, em caráter de urgência, reforma completa do Terminal Rodoviário de São Luís, localizado na Avenida dos Franceses, uma das principais e mais movimentadas vias da capital.
De acordo com o parlamentar, ao longo dos últimos anos o Terminal não recebeu ações eficazes de manutenção e revitalização, o que contribuiu para que, hoje, o seu estado de conservação seja precário.
“Além disso, o Terminal ou Rodoviária está situado em uma grande avenida na entrada da cidade. Ou seja, a atual situação do logradouro contribuiu para que as pessoas que desembarcam em São Luís, em especial os turistas, tenham uma péssima impressão da capital”, disse.
“Tenho certeza que o governador Flávio Dino está atento a esta situação e irá atender nosso pedido para executar melhorias na infraestrutura do local”, completou.
Saúde – Atendendo pedidos de lideranças políticas e comunitárias, Glalbert Cutrim também solicitou ao governo estadual a aquisição de uma ambulância – dotada de todos os equipamentos de urgência e emergência – para o município de Serrano.
Ele explicou que a cidade está incluída na lista das 30 mais pobres do estado e os recursos municipais são escassos para atender as reivindicações dos moradores em todos os setores da administração pública.

Operação Imperador: Eduardo DP se entrega à polícia

Empresário Eduardo DP
Empresário Eduardo DP
O empresário Eduardo José Barros Costa, o Eduardo DP, se apresentou na tarde de hoje, dia 1, na Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic).
Eduardo DP era considerado foragido depois que a Justiça decretou a sua prisão. Ontem, dia, a sua mãe, ex-prefeita de Dom Pedro Arlene Barros, foi presa durante a Operação Imperador, da Polícia Civil.
Os dois são acusados de envolvimento na prática de agiotagem e de licitações e manipuladas, em merenda escolar e medicamentos. Segundo a polícia, mais de R$ 5 milhões foram desviados dos cofres públicos da Prefeita de Dom Pedro.
Além deles, também estão envolvidos no esquema Alfredo Falcão, filho de Arlene, Rodrigo Manso, sobrinho da ex-gestora, e João Cavalcante Neto – apontado como laranja de Eduardo DP.

“Não haverá limites para investigação”, diz Jefferson Portela sobre suposto envolvimento de aliados do governo

Secretário Jefferson Portela, durante coletiva da Operação ImperadorDurante entrevista coletiva, na tarde de ontem (31), para esclarecer detalhes sobre a “Operação Imperador”, o secretário Jefferson Portela foi questionado pelo blogueiro Luis Cardoso se não soava estranho que o inicio da operação tenha sido focada no empresário Eduardo Barros, o Eduardo DP, filho da ex-prefeita de Dom Pedro Arlene Costa e principal adversário do atual prefeito Hernando Macedo, filho do empresário Dedé Macedo – apontado como um dos maiores agiotas do Estado, que ajudou financeiramente na campanha do governador Flávio Dino.
O blogueiro salientou ainda que cidades como Bacabal, Caxias, São Luís, possuem volume bem maior de desvio, mas não foram ainda apuradas.
Jefferson Portela, por sua vez, respondeu que não há nada para se estranhar. “O fato de a pessoa ser aliado ou contrário ao governador não lhe dá imunidade para praticar crimes. Sendo aliado será responsabilizado. Sendo adversário será responsabilizado”, pontuou.
O secretário disse ainda, que haverá uma sequência ilimitada de operações e conclusões de inquérito.“Quando estes crimes foram cometidos o senhor Flávio Dino não era governador do Maranhão. Não estamos falando de um fato que aconteceu ontem(…) Quem define quem é criminoso é o códio penal brasileiro e a legislação penal extravagante, ser aliado ou não, não importa”, esclareceu.

DUZENTOS E NOVE MIL REAIS SÃO ENCONTRADOS COM QUADRILHA PRESA EM BACABAL E OLHO D'ÁGUA ACUSADA DE ASSALTOS A BANCOS E TRAFICO DE DROGAS NO MARANHÃO


Já na delegacia regional de Bacabal por volta das 15h desta terça feira (31), os delegados a Superintendência Estadual de Investigações Criminais, “SEIC” coordenada pelo delegado André Gossain, e com participação dos também delegados Carlos Alessandro, Valdenor Viegas, Ironeide Melo (16º Delegacia Regional de Bacabal), além de agentes do Serviço de Inteligência e investigadores da delegacia regional de Bacabal, apresentaram os suspeitos de fazerem parte de uma quadrilha na região do Mearim.

Segundo as policias esta quadrilha assaltava agências bancárias na região e tráfico de drogas era chefiado por Jose Orlando Babosa conhecido como “Deca”. Eles utilizavam esta afazenda como esconderijo. Com o bando a polícia encontrou R$ 209.000,00 (Duzentos e nove mil reais).

Na fazenda Campo Alegre a aproximadamente 20 km da cidade de Bacabal, foi encontrado um laboratório de refino de cocaína, no local muito produto químico utilizado para refinar a droga. Além de pistolas sendo uma de uso restrito das forças amadas da China, muitas munições, vários celulares, 5 carros, 1 moto e uma grande quantidade em dinheiro que estava em uma sacola.

Nesta operação foram conduzidos 7 pessoas, que segundo a polícia, eles faziam parte da uma quadrilha. eles foram identificados como:

Noberto Alencar Medeiros Filho, “O Gordinho”.  Segundo a polícia, ele era o braço direto de “Deca”, e era um dos encarregados de fazer o transporte das drogas e dava suporte para a quadrilha.

Leandro é outro irmão de “Deca”, Também se encontrava na residência no momento das prisões, foi detido, mas como não foram encontradas evidências de seu envolvimento com a quadrilha, foi liberado na delegacia, entretanto, será investigado.

Elane Cristina, segundo informações das policias, ela levava as informações para a quadrilha e também fazia a entrega da droga. Elane é mulher de um policial militar lotado no 15º BPM/Bacabal, e segundo informações ela seria amante do chefe da quadrilha “Deca”

Segundo informações do advogado de Leandro irmão de “Deca”, a fazenda era de um deputado da Paraíba, Aluísio Campo, que morreu há aproximadamente 10 anos. O mesmo não tinha familiar, e deixou um testamento passando a fazenda para uma ONG, mas na época o pai de “Deca” já era gerente da fazenda, e como direito trabalhista ganhou uma parte das terras e a fazenda ficou sendo utilizada pro Cícero Babosa pai de “Deca”.

Já por volta das 22h todos os integrantes foram ouvidos e autuados nos seguintes crimes:

Tráfico de drogas, porte ilegal de armas, associação ao crime, corrupção de menores, entre outros crimes.

Todos os evolvidos iram ser levado para o presídio de Pedrinhas em nossa capital na manhã desta quarta feira (01)

Desde agosto de 2014 quando o delegado Carlos Alessandro foi empossado delegado regional de Bacabal, que ele vinha com apoio do DEIC, investigado uma quadrilha da cidade de Olho d’águas das Cunhas.

Postado por falando serio Falando Sério 

Secretário garante que em Dom Pedro foi apenas a 1° etapa de uma investigação contínua sobre corrupção no MA

operação-agiotagemAs investigações sobre a rede de agiotagem no Maranhão resultaram em duas prisões, nove mandados de condução coercitiva e 38 mandados de busca e apreensão no estado. A operação, denominada “Imperador”, resultou na prisão da ex-prefeita de Dom Pedro Arlene Barros Costa, acusada de envolvimento na prática de agiotagem e licitações fraudulentas, que culminaram no desvio de mais de R$ 5 milhões dos cofres públicos.
As investigações também revelaram o envolvimento de Alfredo Falcão, filho de Arlene, Rodrigo Manso, sobrinho da ex-gestora, e João Cavalcante Neto, funcionário utilizado como laranja no esquema de corrupção. Os três acusados já receberam mandado de condução coercitiva.
Ex-prefeita Maria Arlene Barros na Seic
Ex-prefeita Maria Arlene Barros na Seic
Na casa de Arlene, em São Luís, foram apreendidos quatro veículos e um montante de documentos falsos. Em Codó, 20 carros de luxo da ex-prefeita foram retidos pela polícia. Mais de 10 empresas fantasmas criadas por Arlene e a família foram descobertas com registros falsificados.
O filho da ex-prefeita, Eduardo DP, conhecido no município por ‘Imperador’, está sendo investigado por envolvimento direto em fraudes de procedimentos licitatórios, utilização de documentação falsa (identidade e CPF) e CNPJ’s fantasmas. Ele é considerado o líder da quadrilha na área.
O foco da agiotagem e licitações fraudulentas em Dom Pedro era a distribuição de merenda escolar e medicamentos. O secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, afirmou que as investigações no município continuam e que nos próximos dias novos fatos serão acrescentados ao processo.
“Em Dom Pedro aconteceu a primeira etapa de uma investigação contínua sobre corrupção e agiotagem no Maranhão. A morte de Décio Sá foi uma referência para as investigações sobre esse crime e vamos dar continuidade ao desbaratamento destes grupos corruptos. Estamos retomando as investigações para finalizar tudo. O trabalho não irá parar”, enfatizou o secretário.

Processo de investigação
Segundo o secretário Jefferson Portela, o dinheiro público era desviado para o pagamento a agiotas envolvidos nos esquemas fraudulentos.
Carros de luxo pertencentes a acusados de agiotagem foram apreendidos na operação“Encontramos vários cheques de prefeituras que estão sendo investigadas. Neste governo não haverá tolerância com a corrupção e a diretriz do governador Flávio Dino é para que haja uma apuração radical no combate ao uso ilegal do dinheiro público. Retomamos as investigações, e a Polícia Civil está preparada para concluir e encaminhar o resultado final ao Poder Judiciário”,explicou o secretário.
O delegado-geral da Polícia Civil, Augusto Barros, explicou que está obtendo provas para compor o processo da Prefeitura de Dom Pedro.
“Estamos no momento de recolhimento de material coletado a partir de buscas de apreensões, as oitivas dos conduzidos e presos para que possamos fechar o conjunto probatório. É um trabalho interno muito forte e em seguida, vamos fechar esse procedimento e dar continuidade às investigações em outros municípios. A rede de agiotas presa à época da morte de Décio Sá revelou muito material, que está sendo aproveitado. Vamos transformar em provas para que possa culminar em acusações contundentes”, assinalou o delegado.
Combate à corrupção
O secretário antecipou que em abril a Secretaria de Segurança Pública inaugurará a Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção, que acompanhará de perto os processos de investigação relacionados ao mau uso do dinheiro público e agiotagem. “A superintendência dará um novo gás às investigações e permitirá o acompanhamento dos passos para compor os processos probatórios”, ressaltou Portela.

Justiça Eleitoral cassa mandato de Zito Rolim e Guilherme Archer


Em sua decisão, magistrada sugeriu que presidente da Câmara dos Vereadores assuma o comando da Prefeitura de Codó
Justiça Eleitoral cassa mandato de Zito Rolim e Guilherme ArcherA Justiça Eleitoral do Maranhão cassou, no último dia 26, o mandato do prefeito e do vice -prefeito de Codó, José Rolim Filho, o Zito Rolim (PV), e Guilherme Ceppas Archer (PMDB), respectivamente, por captação ilícita de sufrágio - a famosa compra de votos -, e por abuso de poder econômico nas eleições municipais de 2012.
Em sua decisão, a juíza Gisele Ribeiro Rondon, da 7ª Zona Zona Eleitoral do município, julgou procedente a Recurso Conta Expedição de Diploma (RCED) - posteriormente convertido em Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) - ajuizado pela coligação partidária “A vontade do povo”, e cassou os diplomas de Rolim e Archer, decretando ainda a perda dos mandatos eletivos da dupla, além declará-los inelegíveis para os próximos oito anos, e condená-los ao  pagarem multa de 20 mil UFIRs.
Em razão de uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral ter também declarado nulos os votos obtidos, respectivamente, pelos candidatos a prefeito e vice-prefeito Francisco Nagib Buzar de Oliveira e José Francisco Lima Neres, atingindo dessa forma mais de 50% (cinquenta por cento) dos votos válidos, a magistrada determinou que o TRE-MA marque data para a realização de nova eleição para prefeito de Codó.
Ainda na decisão que cassou os mandatos de Zito Rolim e Guilherme Archer, a titular da 7ª Zona Zona Eleitoral de Codó sugeriu que o presidente da Câmara de Vereadores do município, vereador Francisco de Assis Paiva Brito, o Chiquinho do Saae (PV), é o único legitimado a, interinamente, assumir a chefia do Poder Executivo municipal até a realização do novo pleito.

Atual7

BMW presa na Operação contra agiotagem


As investigações sobre a rede de agiotagem no Maranhão resultaram em duas prisões, nove mandados de condução coercitiva e 38 mandados de busca e apreensão no estado. A operação denominada”Imperador’ resultou em prisão de acusados de envolvimento na prática de agiotagem e licitações fraudulentas, que culminaram no desvio de mais de R$ 5 milhões dos cofres públicos.
As investigações também revelaram o envolvimento de Alfredo Falcão, Rodrigo Manso e João Cavalcante Neto, funcionário utilizado como laranja no esquema de corrupção. Os três acusados já receberam mandado de condução coercitiva.
Foram apreendidos quatro veículos e um montante de documentos falsos. Em Codó, vinte carros de luxo da ex-prefeita foram retidos pela polícia. Mais de dez empresas fantasmas criadas com registros falsificados. Há fraudes de procedimentos licitatórios, utilização de documentação falsa (identidade e CPF) e CNPJ’s fantasmas. Ele é considerado o líder da quadrilha na área.
O foco da agiotagem e licitações fraudulentas em Dom Pedro era a distribuição de merenda escolar e medicamentos. O secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, afirmou que as investigações no município continuam e que nos próximos dias novos fatos serão acrescentados ao processo. “Em Dom Pedro aconteceu a primeira etapa de uma investigação contínua sobre corrupção e agiotagem no Maranhão. A morte de Décio Sá foi uma referência para as investigações sobre este crime e vamos dar continuidade ao desbaratamento destes grupos corruptos. Estamos retomando as investigações para finalizar tudo. O trabalho não irá parar”, enfatizou o secretário.

Veja a lista dos alvos da operação contra agiotagem no Maranhão

Resultado de imagem para agiotagem no maranhãoA Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) confirmará em coletiva a lista divulgada pelo Jornalista Gilberto Leda sobre as ações da Polícia Civil de combate ao crime de agiotagem no estado. Durante a operação deflagrada nesta manhã, foram feitas duas prisões, nove conduções coercitivas e cumpridos 38 mandados de busca e apreensão
Veja abaixo a lista com os nomes dos alvos:
Foram autorizadas, ainda, as conduções coercitivas de: Romulo Cesar Barros Costa, Alfredo Falcão Costa Júnior, Rodrigo Barros Amancio, Rodrigo Gomes Casanova Junior, Joel Cavalcante Neto, Fabio Silva Froz, Laynna Barbosa Mesquita, Jean Pereira dos Santos e Leonardo Alves dos Santos.
E a busca e apreensão e o bloqueio de bens de: Eduardo DP, Arlene Barros, Romulo Cesar Barros Costa, Alfredo Falcão Costa Júnior, Rodrigo Barros Amancio, Rodrigo Gomes Casanova Junior, Joel Cavalcante Neto, Fabio Silva Froz, Laynna Barbosa Mesquita, Jean Pereira dos Santos, Leonardo Alves dos Santo, Alfredo Falcão Costa, Eridan Pinheiro, Cinthya Carneiro, Adilton Costa, Natalina Ferreira, Roberto Cantanhede, Wesley Ferreira, Francisco Robert Soares, além das empresas Turmalina Empreendimentos, Construtora Imperial, Imperador Empreendimentos, DP Locação, Tocantins Empreendimentos, Construimper, Tracon Construções, Hiper Sondagens, R. B. Amancio, Construservice, Rio Anil Locação, Pactor Construções, FBA Construções, Esmeralda Locações, HidroSolo Construção, Romulo C B Costa, Debora de O. Amaral, Comercial Number One e GAP Construtora.

Eles são acusado do desvio de R$ 5 milhões de recursos públicos quando ela era prefeita e mantinha negócios com agiotas.
Agora a pouco o delegado Geral, Augusto  Barros, informou ao titular do blog do Luis Cardoso que por toda a tarde de hoje dará o resultado da operação que está sendo realizada em São Luís e diversas outras cidades.
Ele confirmou a prisão da ex-prefeita e condução coercitiva de outras pessoas tidas como laranjas relacionadas aos ilicitos praticados naquela cidade.
Barros adiantou que ainda hoje a Polícia cumprirá 38 mandatos de busca e apreensão e que as investigações estão sendo realizadas desde junho de 2012, dois meses depois do assassinato do jornalista Décio Sá.
Uma lista de 40 prefeituras foram investigadas pela Seic e Gaeco por desvio de merenda escolar, medicamentos e obras.
A participação do ex-prefeito de São Luís, João Castelo, no esquema teria sido por meio de um contrato de mais de R$ 600 mil entre a gestão do tucano e a Gran Vitória Comércio e Transporte Logística Ltda, empresa fantasma controlada pelo empresário Fábio Brasil, morto em abril de 2012, 20 dias antes do assassinato de Sá, pela mesma quadrilha de agiotas.
A ex-governadora Roseana Sarney mandou estancar as investigações, mas por determinação do governador Flávio Dino (PCdoB), o inquérito, engavetado em 2013, foi reaberto, com a disponibilização de sala aos policiais, com computadores, armamento e toda a estrutura para investigar a máfia.
Abaixo, os nomes dos 40 prefeitos e ex-prefeitos maranhenses que foram investigados e podem ter expedidos em seu desfavor um mandado de prisão preventiva a qualquer momento – com exceção de Castelo, que agora eleito para a Câmara dos Deputados só pode ser preso após o processo ser julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF):
1 – Sebastião Lopes Monteiro (Apicum­-Açu)
2­ – Leão Santos Neto (Arari)
3 – Raimundo Nonato Lisboa (Bacabal)
4 – José Farias de Castro­ (Brejo)
5 ­– Francisco Xavier Silva Neto (Cajapió)
6 – José Haroldo Fonseca Carvalho­ (Cândido Mendes)
7 – José Martinho dos Santos Barros­ (Cantanhede)
8 – Soliney de Sousa e Silva ­(Coelho Neto)
9 – José ­Francisco Pestana (Cururupu)
10 – Maria Arlene Barros Costa­ (Dom Pedro)
11 – ­Raimundo Almeida (Lago Verde)
12 – Jorge Eduardo Gonçalves de Melo­ (Lagoa Grande)
13 ­–João Cândido Carvalho Neto (Magalhães de Almeida)
14 ­– Manoel Edvan Oliveira da Costa (Marajá do Sena)
15 ­– Joacy de Andrade Barros (Mirador)
16 – José Lourenço Bonfim Júnior­ (Miranda do Norte)
17 –­ Ivaldo Almeida Ferreira (Mirinzal)
18 – Iara Quaresma do Vale Rodrigues (Nina Rodrigues)
19 –­ Glorismar Rosa Venancio (Paço do Lumiar)
20– Enoque Ferreira Mota Neto (Pastos Bons)
21 – Tancledo Lima Araújo (Paulo Ramos)
22 –­ Maria José Gama Alhadef (Penalva)
23 –­ Henrique Caldeira Salgado (Pindaré Mirim)
24 ­– José Arlindo Silva Sousa (Pinheiro)
25 – Marconi Bimba Carvalho de Aquino (Rosário)
26 ­– Márcio Leandro Antezana Rodrigues (Santa Luzia)
27 – José Nilton Marreiros Ferraz (Santa Luzia do Paruá)
28 – Sebastião Fernandes Barros (São Domingos do Azeitão)
39 – Kleber Alves de Andrade (São Domingos do Maranhão)
30 – Alexandre Araújo dos Santos­ (São Francisco do Brejão)
31 – Luiza Moura ­da Silva Rocha (São João do Sóter)
32 – João Castelo Ribeiro Gonçalves (São Luís)
33 –­ Leocádio Olímpio Rodrigues (Serrano do Maranhão)
34 –­ Juvenal Leita de Oliveira (Sucupira do Riachão)
35 ­– Maria do Socorro Almeida Waquim (Timon)
36 –­ Domingos Sávio Fonseca Silva (Turilândia)
37 – Raimundo Nonato Abraão Baquil­ (Tutoia)
38 – Abnadab Silveira Léda­ (Urbano Santos)
39 –­ Miguel Rodrigues Fernandes (Vargem Grande)
40 –­ Raimundo Nonato Sampaio (Zé Doca)


31 de mar de 2015

Deputado Glalbert Cutrim preside trabalhos da Mesa Diretora da AL

Segundo vice-presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, o deputado Glalbert Cutrim (PRB) presidiu os trabalhos da Mesa Diretora durante a sessão ordinária desta segunda-feira (30).
“Foi uma grande honra poder coordenador os trabalhos na Assembleia. Agradeço o apoio e confiança dos colegas de parlamento e dos maranhenses que acompanharam a sessão de forma presencial; através da TV e site; e das redes sociais”, afirmou o parlamentar de apenas 26 anos.
A agenda de trabalho do deputado como representante da Presidência da AL começou no período da manhã quando o mesmo participou de evento no Palácio dos Leões no qual o governador Flávio Dino (PC do B) aderiu ao programa Nacional de Governança Diferenciada das Execuções Fiscais, que foi apresentado pela corregedora nacional de Justiça, ministra Nancy Andrighi.
Na oportunidade, Glalbert ratificou total apoio do Parlamento Estadual à execução do programa no estado.

Estudantes protestam contra o aumento de passagem em frente à Prefeitura de São Luís



Estudantes protestam em frente à Prefeitura de São Luís (Foto: G1)
Mais de 1.000 alunos de diferentes instituições educacionais protestaram na Praça Deodoro, no centro de São Luís, na tarde desta segunda-feira (30), contra o aumento das passagens de ônibus anunciada pela Prefeitura na última sexta-feira (27), e que passou a vigorar neste domingo (29).
As novas tarifas de ônibus entraram em vigor a partir da 0h deste domingo (29) em São Luís. O valor da tarifa cobrada na maioria dos coletivos subirá de R$ 2,40 para R$ 2,80, enquanto as mais baratas passarão de R$ 1,90 para R$ 2,20 e R$ 1,60 para R$ 1,90. O anúncio foi feito em entrevista coletiva realizada na tarde da última sexta-feira (27), na sede da SMTT, na Avenida Daniel de La Touche, na capital maranhense.
Segundo Claudio Castro, organizador da mobilização, o novo aumento compromete a renda das famílias mais pobres que utilizam o transporte público da cidade. “Os estudantes em sua maioria aderiram porque tem a consciência do sacrifício que é para os seus pais arcar com mais um reajuste em menos de um ano”, desabafa.
Ainda conforme o organizador, além da diminuição no preço das passagens de ônibus, os manifestantes pedem também a abertura das contas do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de São Luís (SET) e a volta da domingueira (meia passagem para todos).
Claudio Castro, que teve o apoio, durante a passeata, de estudantes secundaristas e de diferentes classes de trabalhadores, diz que os manifestantes irão cobrar cada reivindicação, que segundo ele, são ignoradas pelo poder público.
Manifestantes cobram redução no valor das passagens de ônibus de São Luís (Foto: Joyce Mackay/G1)“Vários movimentos sociais, vários movimentos estudantis tem pautado essas reivindicações na Prefeitura, na Câmara de Vereadores, que simplesmente ignoram. Então, são pautas que estão aí, que vieram à tona novamente e vamos levá-las. Mas, inicialmente o foco é barrar esse reajuste que consideramos abusivo para os trabalhadores de São Luís”.
O protesto que teve início na Praça Deodoro e que foi acompanhado por agentes da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte e por policiais da Polícia Militar foi encerrado em frente à sede da Prefeitura de São Luís, onde no local os manifestantes entregaram ao prefeito da cidade, Edivaldo Holanda Júnior todas as pautas exigidas na reivindicação.

30 de mar de 2015

Deputado Roberto Costa cobra explicações sobre o aumento das passagens em São Luis

Deputado Roberto Costa cobra explicações sobre o aumento das passagens
"Deputado Roberto Costa cobra explicações sobre o aumento das passagens
Nesta segunda-feira, dia 30, o deputado estadual Roberto Costa usou o "Tempo das Lideranças" para cobrar da Prefeitura de São Luís uma resposta sobre o aumento de quase 16% nas passagens de ônibus da capital, fato que surpreendeu a todos neste início de semana. O deputado disse que não é possível admitir mais um reajuste abusivo nas passagens, quando não é oferecido um sistema de transporte público de qualidade.

Costa relembrou que, além dos trabalhadores, a classe estudantil é a principal afetada com o aumento. "Nós sabemos que boa parte dos estudantes necessita do transporte público municipal para se deslocar das suas casas para as escolas, para as universidades, para a biblioteca, para o lazer que é fundamental também na sua formação, então nós não podemos aceitar mais uma vez que este aumento venha de forma não clara, e a população, mais uma vez, seja penalizada",  disse.

Roberto Costa citou a decisão do órgão de  proteção ao consumidor, Procon, que deverá notificar a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes - SMTT, para que sejam apresentadas todas as justificativas no aumento nas tarifas."Nesta segunda-feira, dia 30, o deputado estadual Roberto Costa usou o "Tempo das Lideranças" para cobrar da Prefeitura de São Luís uma resposta sobre o aumento de quase 16% nas passagens de ônibus da capital, fato que surpreendeu a todos neste início de semana. O deputado disse que não é possível admitir mais um reajuste abusivo nas passagens, quando não é oferecido um sistema de transporte público de qualidade.

Costa relembrou que, além dos trabalhadores, a classe estudantil é a principal afetada com o aumento. "Nós sabemos que boa parte dos estudantes necessita do transporte público municipal para se deslocar das suas casas para as escolas, para as universidades, para a biblioteca, para o lazer que é fundamental também na sua formação, então nós não podemos aceitar mais uma vez que este aumento venha de forma não clara, e a população, mais uma vez, seja penalizada", disse.
Roberto Costa citou a decisão do órgão de proteção ao consumidor, Procon, que deverá notificar a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes - SMTT, para que sejam apresentadas todas as justificativas no aumento nas tarifas.


Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo